A pandemia do novo coronavírus mudou a rotina de organizações de diversos setores em todo o mundo. O segmento das empresas gráficas no Brasil também não ficou imune. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria Gráfica (Abigraf), somente 13% das empresas do setor mantiveram normalmente a produção.

A demanda pelos serviços gráficos caiu em mais de 91% das companhias. Além disso, outro efeito registrado foi a redução parcial na operação, que atingiu 64% das empresas. 

O impacto também foi grande nas empresas gráficas do setor editorial. Nessa área, as empresas registraram até 50% de diminuição da demanda no mês de março, comparado a fevereiro. 

As empresas gráficas que se concentram na comunicação visual, por sua vez, computaram a queda de 70%. Os prejuízos causados pelo impacto da COVID-19 também foram sentidos nas empresas que atuam no segmento de material promocional, que registraram 60% de queda na produção.

Os números são preocupantes e reforçam a importância de que gestores gráficos se informem sobre os principais impactos da crise e busquem estratégias e soluções para minimizar os prejuízos e acelerar a retomada dos negócios.

Mas como se recuperar em momentos de pós-crise? Neste artigo iremos abordar como a  gestão estratégica e o auxílio da tecnologia podem, juntos, não só auxiliar as empresas no momento de retomada mas como também levá-las a uma posição de destaque no mercado.

Acompanhe!

 

como as empresas graficas podem  inovar no ambiente

 

Como se reinventar após momentos de crise? 

Em um cenário de diminuição da demanda, muitos gestores se perguntam sobre como agir para contribuir com a retomada do setor. O que foi visto em diversas áreas e, principalmente, no mercado gráfico foi o uso inteligente de tecnologia e uma gestão preparada para os momentos de crise.

Desde o planejamento estratégico para definir as melhores ações visando a redução do impacto, até mesmo as novas formas de atuar de acordo com as demandas que surgiram durante a pandemia, um grande fator que vem contribuindo para a retomada no pós-crise é a gestão eficiente, ou também chamada gestão de riscos.

 

Gestão eficiente: por que ela pode salvar o seu negócio? 

Além de pensar em soluções inovadoras, as empresas gráficas que pretendem obter melhores resultados em situações de pós-crise, como a que estamos vivendo atualmente, precisam, antes de tudo, contar com uma boa gestão. 

Esse será um dos grandes diferenciais das empresas que conseguirão realizar uma retomada mais veloz, em comparação àquelas que estarão ainda paralisadas pelo atual cenário. 

Neste tipo de situação, uma boa comunicação interna passa a ser um grande trunfo. É fundamental  que  líderes e colaboradores estejam cientes das estratégias e mudanças que serão adotadas visando a redução de possíveis prejuízos. 

É recomendado ainda criar uma espécie de manual para o gerenciamento da crise e retomada, que abarque a gestão da informação, a fim de que as ações sejam comunicadas rapidamente neste momento de retomada e reaquecimento do mercado.

O planejamento de comunicação deve levar em conta a necessidade de clareza nas informações, para que os funcionários possam reagir mais rapidamente, conforme as novas especificações. 

Além da preocupação com o alinhamento das ações junto ao seu time, os gestores não podem deixar de fora a comunicação com clientes e com o mercado de um modo geral. 

O público externo também deve ser comunicado das inovações que serão implantadas pela empresa. Para isso, é importante definir e manter uma estratégia de comunicação voltada para que o consumidor possa sentir segurança a respeito das ações que serão realizadas. 

Dessa forma, as dificuldades também podem servir como uma oportunidade de aprendizado para as empresas do setor gráfico. Por isso, as lições que foram tiradas desse momento também devem balizar decisões futuras da sua organização, já que novas situações de crise podem ocorrer.

 

O poder da tecnologia para inovar no ambiente gráfico 

Além de uma boa gestão e da busca por soluções, destacamos a necessidade de inovação no ambiente gráfico, uma tendência que vem se fortalecendo ao longo dos últimos anos e que se tornou fator decisivo para sobrevivência na retomada econômica.

As empresas do setor gráfico já faziam o movimento de implantar tecnologias e equipamentos mais robustos para impressão em grandes formatos, por exemplo, ou novas aplicações, de forma que a pandemia apenas acelerou esse processo.

Não é difícil enxergar que, para conseguir contornar as dificuldades e retomar o crescimento, serão necessárias algumas mudanças. As empresas gráficas precisam diversificar o portfólio e oferecer outros tipos de serviços, uma das apostas é a disponibilização de plataformas para recebimento de pedidos on-line.

Por meio de uma plataforma virtual, as empresas conseguem oferecer diversos produtos que os clientes podem orçar, editar e produzir, com base em gabaritos ou predefinições.

Durante a pandemia, esse movimento se intensificou, afinal, a possibilidade de solicitar serviços sem a necessidade de sair de casa é um grande diferencial, e a tendência é que esta atividade se popularize ainda mais no pós-crise.

Outro ponto que merece atenção é a necessidade de investimento em cursos de formação e de profissionalização. A capacitação é importante para que os colaboradores das organizações também se adaptem a essa transformação tecnológica e mantenham-se atualizados.

Além disso, a chamada Indústria 4.0, em que as máquinas têm mais recursos de informatização e operam com mais velocidade, também ganha destaque nesse cenário. As alterações no setor ocorrem de forma acelerada, com a transformação digital ganhando força no ambiente gráfico, e as empresas devem estar preparadas para acompanhá-la.

Referência: https://bit.ly/3SIFm6W

 

Copy Line, a sua melhor opção em outsourcing!

A Copy Line é uma empresa blumenauense, atuante desde 2001 no mercado de soluções de impressão. Atua fortemente em Santa Catarina nas regiões Norte, Sul, Vale do Itajaí e Alto Vale, mas com sua estrutura própria e dinâmica é capaz de atender com excelência todo o território catarinense.

Trabalhamos com locação de impressoras, scanners, coletores de dados, notebooks, tablets e smartphones. Além disso, oferecemos outsourcing de impressão, assistência técnica, impressão de exames médicos e venda de impressoras e scanners.

Estamos localizados na Rua 2 de Setembro, Nº 2787, Itoupava Norte, Blumenau/SC – CEP 89052-002. Nosso telefone de contato é (47) 3037.5397. Atendemos a região que compreende Rio do Sul até Florianópolis.

Precisa de ajuda?